Pages

O Instituto de Previdência do Estado de Roraima (IPER) implantou, ontem (21), o Sistema Eletrônico de Informações (SEI), uma ferramenta de gestão documental e trâmite processual desenvolvida pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4) para promover a eficiência administrativa. “O Governo de Roraima celebrou um acordo de cooperação com o TRF 4 para instalação e operacionalização do sistema, que garante a segurança e a autenticidade dos documentos, torna a tramitação mais ágil e permite a economia de papel, reduzindo custos para a administração”, explicou o Presidente do IPER, José Haroldo Campos.

 

O Decreto Nº 28.030/2019, que foi assinado pelo Governador Antônio Denarium no dia 21 de novembro e instituiu o uso obrigatório do SEI no IPER, também estabelece um prazo de até seis meses para a digitalização dos processos físicos. De acordo com o Assessor Especial da Governadoria, Paulo César Torres, para otimizar o trabalho durante esse período, um Grupo de Trabalho Interno (GTI) deverá ser criado, nos moldes do Decreto 29.971-E/2019, de 13 de novembro, que regulamenta a utilização do sistema no âmbito do Poder Executivo do Estado de Roraima.

 

O SEI já era utilizado no trâmite de processos e documentos entre o Instituto e o Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) desde o início do ano. Segundo José Haroldo Campos, o pioneirismo do IPER só foi possível graças ao empenho e a dedicação dos diretores e servidores, que passaram por capacitações presenciais e virtuais para operar corretamente o sistema. “No mês passado, eles concluíram os cursos oferecidos pela Universidade Virtual de Roraima (UNIVIRR) e pela Escola do Poder Judiciário de Roraima, a EJURR”, disse ele.

 

Para a Presidente da CPL, Lena Leitão, a capacitação foi fundamental para que a implantação fosse bem sucedida. “Uma área de testes, no próprio sistema, foi disponibilizada aos servidores para fins de prática. Lá podemos criar e excluir processos, por exemplo. O SEI realmente cumpre o que promete em termos de agilidade, produtividade, transparência e eficiência”.